7 Passos Para Criar Um Orçamento Doméstico Que Funcione Para Você

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Reddit
Tumblr

Você já se perguntou como algumas pessoas conseguem economizar dinheiro, pagar suas dívidas e ainda realizar seus sonhos?

A resposta pode estar em um simples hábito: criar um orçamento doméstico. Um orçamento doméstico é uma ferramenta que ajuda você a planejar e controlar seus gastos, receitas e investimentos.

Com ele, você pode ter uma visão clara de onde está o seu dinheiro e como usá-lo da melhor forma possível.

Neste artigo, vamos mostrar como você pode criar um orçamento doméstico que funcione para você, seguindo 7 passos simples e práticos. Acompanhe!

Subtítulo 1: A história de Ana e Carlos

A história de Ana e Carlos
A história de Ana e Carlos

Ana e Carlos são um casal que vive do trabalho tradicional em Goiás. Eles têm dois filhos, Pedro e Luísa, de 8 e 6 anos, respectivamente.

Ana é professora e Carlos é engenheiro. Eles ganham juntos cerca de R$ 10 mil por mês.

No entanto, eles vivem no limite do cheque especial, têm várias parcelas no cartão de crédito e não conseguem poupar nada.

Eles se sentem frustrados e ansiosos com a situação financeira. Um dia, eles decidiram mudar essa realidade. Eles procuraram um consultor financeiro, que os orientou a criar um orçamento doméstico.

Eles seguiram as dicas do profissional e começaram a anotar todas as suas despesas e receitas em uma planilha. Eles também definiram metas de economia e investimento.

Com o tempo, eles perceberam que estavam gastando mais do que ganhavam, e que muitos dos seus gastos eram supérfluos ou desnecessários.

Eles então cortaram esses gastos e passaram a priorizar o que era realmente importante para eles.

Com o orçamento doméstico, Ana e Carlos conseguiram equilibrar suas finanças, sair das dívidas e começar a investir em seus sonhos.

Eles também se sentiram mais felizes e tranquilos com sua vida.

Subtítulo 2: Como Criar um orçamento doméstico em 7 passos

Como Criar um orçamento doméstico em 7 passos
Como Criar um orçamento doméstico em 7 passos

A história de Ana e Carlos é apenas um exemplo de como um orçamento doméstico pode fazer a diferença na sua vida financeira.

Mas como criar um orçamento doméstico que funcione para você?

Veja a seguir os 7 passos que você pode seguir:

  1. Defina seus objetivos financeiros: O primeiro passo é saber o que você quer alcançar com o seu dinheiro. Você quer quitar suas dívidas?

Comprar uma casa? Fazer uma viagem? Ter uma reserva de emergência? Aposentar-se cedo?

Escreva seus objetivos em um papel ou em um aplicativo, e estabeleça prazos e valores para cada um deles.

  1. Registre suas receitas: O segundo passo é saber quanto você ganha por mês. Some todas as suas fontes de renda, como salário, pensão, aluguel, bônus, etc.

Se você tem rendas variáveis, faça uma média dos últimos meses ou use o menor valor que você recebeu.

  1. Registre suas despesas: O terceiro passo é saber quanto você gasta por mês. Anote todas as suas despesas fixas, como aluguel, condomínio, água, luz, telefone, internet, escola dos filhos, etc.

Anote também as suas despesas variáveis, como alimentação, transporte, lazer, saúde, beleza, etc. Não se esqueça de incluir as parcelas do cartão de crédito ou do financiamento.

  1. Compare suas receitas e despesas: O quarto passo é fazer a conta: receitas menos despesas. O resultado deve ser positivo ou zero.

Se for negativo, significa que você está gastando mais do que ganha, e precisa ajustar o seu orçamento.

  1. Ajuste seu orçamento: O quinto passo é analisar as suas despesas e ver onde você pode economizar ou cortar gastos desnecessários ou excessivos.

Você pode negociar tarifas, mudar de plano, cancelar serviços, trocar de marca, comprar à vista, aproveitar descontos, etc.

O importante é reduzir seus gastos sem comprometer sua qualidade de vida.

  1. Defina uma meta de poupança: O sexto passo é definir quanto você quer poupar por mês.

O ideal é que você poupe pelo menos 10% da sua renda, mas você pode começar com um valor menor e ir aumentando aos poucos.

O importante é que você crie o hábito de poupar todo mês, e que separe esse dinheiro assim que receber sua renda.

  1. Invista seu dinheiro: O sétimo e último passo é investir o seu dinheiro poupado. Você pode escolher entre diversas opções de investimento, como poupança, tesouro direto, fundos, ações, etc.

O importante é que você escolha uma opção que esteja de acordo com o seu perfil, seus objetivos e seu prazo.

Você também pode diversificar seus investimentos, para reduzir os riscos e aumentar os rendimentos.

Subtítulo 3: Dúvidas Comuns Sobre criar Um Orçamento Doméstico

Dúvidas Comuns Sobre criar Um Orçamento Doméstico
Dúvidas Comuns Sobre criar Um Orçamento Doméstico

Agora que você já sabe como criar um orçamento doméstico em 7 passos, vamos responder algumas dúvidas comuns sobre o assunto:

  • Como criar um orçamento doméstico em família? Se você vive em família, é importante que todos participem do orçamento doméstico.

Você pode reunir os membros da sua família e conversar sobre os objetivos, as receitas e as despesas de cada um.

Vocês podem definir juntos as prioridades, as metas e as responsabilidades de cada um. Vocês também podem acompanhar juntos o andamento do orçamento e celebrar as conquistas.

  • Como criar um orçamento doméstico com renda variável? Se você tem uma renda variável, como um trabalhador autônomo ou um comissionado.

Você pode criar um orçamento doméstico usando uma média dos últimos meses ou o menor valor que você recebeu.

Você também pode separar uma parte da sua renda para formar uma reserva de emergência, que pode ser usada em meses de baixa renda ou de imprevistos.

  • Como criar um orçamento doméstico com aplicativos? Se você prefere usar a tecnologia a seu favor, você pode usar aplicativos para criar o seu orçamento doméstico.

Existem vários aplicativos gratuitos ou pagos que podem te ajudar a registrar suas receitas e despesas, definir suas metas, acompanhar seu progresso e até mesmo investir seu dinheiro.

Alguns exemplos são: GuiaBolso, Mobills, Organizze, Minhas Economias, etc.

Conclusão

criar um orçamento doméstico é uma forma simples e eficaz de melhorar sua vida financeira.

Com ele, você pode planejar e controlar seus gastos, receitas e investimentos, e alcançar seus objetivos.

Basta seguir os 7 passos que mostramos neste artigo: definir seus objetivos financeiros, registrar suas receitas, registrar suas despesas, comparar suas receitas e despesas, ajustar seu orçamento, definir uma meta de poupança e investir seu dinheiro.

Você também pode contar com a ajuda da sua família ou de aplicativos para facilitar o processo.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você. Deixe sua opinião sincera e suas sugestões nos comentários.

Até a próxima!

Por Lazaro Silva

Por Lazaro Silva

Especialista em Marketing Ditigal e Analista de Sistemas

Compartilhe este post: