5 Receitas Fáceis E Deliciosas Para Iniciantes Na Culinária

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Reddit
Tumblr

Você gosta de cozinhar, mas não tem muita experiência na cozinha? Você quer preparar refeições gostosas e saudáveis, mas não sabe por onde começar?

Você quer surpreender os seus amigos e familiares com pratos incríveis, mas sem gastar muito tempo e dinheiro? Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, este artigo é para você.

Neste artigo, eu vou te ensinar 5 receitas fáceis e deliciosas que vão fazer você se sentir um verdadeiro chef.

São pratos simples, rápidos e saborosos que qualquer um pode fazer, mesmo sem ter muita habilidade na cozinha.

Você vai aprender como fazer uma salada de macarrão com atum, uma torta de frango de liquidificador, um escondidinho de carne seca, um bolo de cenoura com cobertura de chocolate e um pudim de leite condensado.

Essas receitas fáceis vão impressionar os seus convidados e deixar o seu dia mais feliz.

Como eu descobri o meu amor pela culinária

Como eu descobri o meu amor pela culinária
Como eu descobri o meu amor pela culinária

Eu sempre gostei de comer, mas não de cozinhar. Eu achava que cozinhar era uma tarefa chata, complicada e demorada.

Eu preferia pedir comida pronta ou comer fora do que me aventurar na cozinha. Eu só sabia fazer o básico, como arroz, feijão, ovo e carne. Eu não tinha criatividade nem vontade de experimentar novos sabores e ingredientes.

Isso mudou quando eu conheci o meu namorado, que é um apaixonado pela culinária. Ele me mostrou que cozinhar pode ser divertido, relaxante e gratificante.

Ele me ensinou algumas receitas fáceis e deliciosas que ele mesmo inventou ou adaptou de outras fontes. Ele me incentivou a provar coisas novas e a me arriscar na cozinha.

Ele me elogiou quando eu acertei e me consolou quando eu errei. Ele me fez ver que cozinhar é uma forma de expressar amor, carinho e cuidado.

Hoje, eu posso dizer que eu amo cozinhar. Eu gosto de planejar o cardápio, escolher os ingredientes, seguir as receitas, misturar os temperos, sentir os aromas, ver as cores, ouvir os sons, provar os sabores e, claro, compartilhar os resultados.

Eu gosto de ver a felicidade das pessoas que comem o que eu faço. Eu gosto de aprender coisas novas e de melhorar as minhas habilidades. Eu gosto de me desafiar e de me surpreender. Eu gosto de cozinhar para mim e para os outros.

Dicas para se tornar um bom cozinheiro

Dicas para se tornar um bom cozinheiro
Dicas para se tornar um bom cozinheiro

Se você quer se tornar um bom cozinheiro, eu tenho algumas dicas para você. São conselhos simples, mas que podem fazer uma grande diferença na sua experiência na cozinha. Veja só:

Tenha curiosidade. Não tenha medo de experimentar novos ingredientes, receitas, técnicas e combinações. Pesquise, leia, assista, pergunte, ouça e aprenda.

Busque inspiração em livros, revistas, sites, blogs, programas de TV, vídeos, podcasts e redes sociais. Descubra novos sabores, texturas, aromas e cores. Amplie o seu repertório e o seu paladar.

Tenha organização. Antes de começar a cozinhar, separe todos os ingredientes e utensílios que você vai precisar. Leia a receita com atenção e siga as instruções passo a passo.

Meça as quantidades, corte os alimentos, pré-aqueça o forno, unte a forma, etc. Mantenha a sua bancada limpa e arrumada. Lave a louça conforme você usa. Isso vai facilitar o seu trabalho e evitar erros e desperdícios.

Tenha criatividade. Não se limite a seguir as receitas fáceis ao pé da letra. Use a sua imaginação e o seu bom senso para adaptar, modificar e inventar.

Substitua, acrescente, reduza ou elimine ingredientes de acordo com o seu gosto, a sua disponibilidade e a sua necessidade.

Mude o modo de preparo, o tempo de cozimento, a temperatura, a forma, a apresentação, etc. Dê o seu toque pessoal e faça do seu jeito.

Tenha paciência. Cozinhar é uma arte que requer tempo, dedicação e prática. Não se frustre se as coisas não saírem como você esperava.

Não desista se você errar ou se queimar. Não se compare com outros cozinheiros. Aprenda com os seus erros e tente de novo. Melhore a cada dia. Celebre as suas conquistas e as suas delícias.

Tenha prazer. Cozinhar deve ser uma atividade divertida, relaxante e gratificante. Não cozinhe por obrigação, mas por vontade.

Não cozinhe com pressa, mas com calma. Não cozinhe com raiva, mas com amor. Aproveite cada momento, desde a escolha dos ingredientes até a degustação do prato. Sinta o prazer de cozinhar e de comer.

As principais dificuldades dos iniciantes na culinária

As principais dificuldades dos iniciantes na culinária
As principais dificuldades dos iniciantes na culinária

Se você é um iniciante na culinária, você pode enfrentar algumas dificuldades no seu caminho. Algumas das principais são:

Falta de conhecimento. Você pode não saber como escolher, armazenar, higienizar, cortar, cozinhar e conservar os alimentos.

Você pode não saber como usar os utensílios, os eletrodomésticos e os fogões. Você pode não saber como medir, pesar, misturar, bater, amassar, fritar, assar, cozinhar, grelhar e refogar.

Você pode não saber como temperar, decorar, servir e harmonizar os pratos.

Falta de habilidade. Você pode não ter a destreza, a agilidade, a coordenação, o equilíbrio e a força necessários para manusear os alimentos e os utensílios.

Você pode não ter a precisão, a rapidez, a sincronia, o controle e a atenção necessários para executar as receitas fáceis.

Você pode não ter a sensibilidade, a intuição, a percepção e o paladar necessários para ajustar os sabores e as texturas.

Falta de confiança. Você pode ter medo de errar, de se machucar, de se queimar, de se cortar, de se intoxicar ou de causar algum dano.

Você pode ter vergonha de mostrar o seu trabalho, de receber críticas, de pedir ajuda ou de admitir a sua ignorância.

Você pode ter receio de experimentar, de inovar, de arriscar ou de ousar. Você pode ter dúvidas, inseguranças, ansiedades e frustrações.

Falta de recursos. Você pode não ter os ingredientes, os utensílios, os eletrodomésticos, os fogões, os livros, as revistas, os sites, os blogs, os programas de TV, os vídeos, os podcasts e as redes sociais que você precisa ou deseja.

Você pode não ter o dinheiro, o tempo, o espaço, a luz, a ventilação, a limpeza, a organização e a disposição que você precisa ou deseja.

Você pode não ter o apoio, a companhia, a orientação, a motivação e o reconhecimento que você precisa ou deseja.

Como superar as dificuldades e se tornar um bom cozinheiro fazendo receitas fáceis

Como superar as dificuldades e se tornar um bom cozinheiro fazendo receitas fáceis
Como superar as dificuldades e se tornar um bom cozinheiro fazendo receitas fáceis

Se você quer superar as dificuldades e se tornar um bom cozinheiro, você precisa de duas coisas: vontade e prática.

A vontade é o que te move, o que te motiva, o que te inspira. A prática é o que te ensina, o que te aperfeiçoa, o que te surpreende.

Com vontade e prática, você pode vencer qualquer obstáculo e alcançar qualquer objetivo. Veja como:

Para superar a falta de conhecimento, estude. Busque fontes confiáveis e atualizadas de informação sobre culinária. Leia livros, revistas, sites, blogs, etc.

Assista programas de TV, vídeos, podcasts, etc. Ouça especialistas, chefs, nutricionistas, etc. Pergunte a pessoas experientes, amigos, familiares, etc.

Aprenda as técnicas, as receitas fáceis, as dicas, os truques, os segredos, etc. Aprenda tudo o que puder sobre os alimentos, os utensílios, os eletrodomésticos, os fogões, etc.

Aprenda como escolher, armazenar, higienizar, cortar, cozinhar e conservar os alimentos. Aprenda como usar os utensílios, os eletrodomésticos e os fogões.

Aprenda como medir, pesar, misturar, bater, amassar, fritar, assar, cozinhar, grelhar e refogar. Aprenda como temperar, decorar, servir e harmonizar os pratos. Quanto mais você estudar, mais você vai saber.

Para superar a falta de habilidade, treine. Pratique as técnicas, as receitas fáceis, as dicas, os truques, os segredos, etc. que você aprendeu.

Pratique com diferentes ingredientes, utensílios, eletrodomésticos, fogões, etc. Pratique em diferentes ocasiões, horários, locais, etc.

Pratique sozinho ou acompanhado. Pratique por diversão ou por necessidade. Pratique até acertar, até melhorar, até dominar. Quanto mais você treinar, mais você vai saber fazer.

Para superar a falta de confiança, acredite. Acredite em você, nas suas capacidades, nas suas potencialidades, nas suas qualidades.

Acredite que você pode, que você consegue, que você merece. Acredite que você é capaz de aprender, de treinar, de superar, de se tornar.

Acredite que você é capaz de cozinhar, de criar, de surpreender, de encantar. Acredite que você é capaz de se divertir, de relaxar, de se gratificar, de se satisfazer.

Acredite que você é capaz de cozinhar para você e para os outros. Quanto mais você acreditar, mais você vai confiar.

Para superar a falta de recursos, improvise. Use o que você tem, o que você pode, o que você encontra. Use os ingredientes, os utensílios, os eletrodomésticos, os fogões, etc. que estão ao seu alcance.

Use o dinheiro, o tempo, o espaço, a luz, a ventilação, a limpeza, a organização e a disposição que você dispõe.

Use o apoio, a companhia, a orientação, a motivação e o reconhecimento que você recebe. Use a sua criatividade, a sua imaginação, o seu bom senso, o seu paladar.

Use o que você tem para fazer o que você quer. Quanto mais você improvisar, mais você vai se adaptar.

5 Receitas Fáceis e Deliciosas para Iniciantes na Culinária

Agora que você já sabe como superar as dificuldades e se tornar um bom cozinheiro, que tal colocar em prática o que você aprendeu?

Eu vou te ensinar 5 receitas fáceis e deliciosas que vão fazer você se sentir um verdadeiro chef. São pratos simples, rápidos e saborosos que qualquer um pode fazer, mesmo sem ter muita habilidade na cozinha.

Você vai aprender como fazer uma salada de macarrão com atum, uma torta de frango de liquidificador, um escondidinho de carne seca, um bolo de cenoura com cobertura de chocolate e um pudim de leite condensado.

Essas receitas fáceis vão impressionar os seus convidados e deixar o seu dia mais feliz. Vamos lá?

Salada de macarrão com atum

Salada de macarrão com atum
Salada de macarrão com atum

A salada de macarrão com atum é uma ótima opção para um almoço leve, saudável e refrescante. É uma receita fácil de fazer, que leva poucos ingredientes e que fica pronta em menos de 30 minutos.

Você pode servir a salada fria ou em temperatura ambiente, acompanhada de uma salada verde ou de frutas. Veja o que você vai precisar:

  • 500 g de macarrão tipo penne ou parafuso
  • 2 latas de atum em água ou óleo, escorrido e desfiado
  • 1 xícara de maionese
  • 1/4 de xícara de azeitonas verdes picadas
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Como fazer:

  • Cozinhe o macarrão em uma panela com água fervente e sal, seguindo as instruções da embalagem, até ficar al dente. Escorra e reserve.
  • Em uma tigela, misture o atum, a maionese, as azeitonas e a salsinha. Tempere com sal e pimenta a gosto.
  • Em uma travessa, coloque o macarrão e cubra com o molho de atum. Misture bem e leve à geladeira por pelo menos 15 minutos antes de servir.

Torta de frango de liquidificador

Torta de frango de liquidificador
Torta de frango de liquidificador

A torta de frango de liquidificador é uma das receitas fáceis, prática e deliciosa, que pode ser servida como lanche, entrada ou prato principal.

É uma receita versátil, que pode ser recheada com o que você preferir, como presunto, queijo, milho, ervilha, palmito, etc.

Você pode fazer a torta em uma forma grande ou em forminhas individuais. Veja o que você vai precisar:

Para a massa:

  • 3 ovos
  • 1 e 1/2 xícara de leite
  • 1/2 xícara de óleo
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • Sal a gosto

Para o recheio:

  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 xícaras de frango cozido e desfiado
  • 1/4 de xícara de molho de tomate
  • Sal, pimenta-do-reino, orégano e cheiro-verde a gosto

Como fazer:

  • Para a massa, bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Reserve.
  • Para o recheio, aqueça o óleo em uma panela e refogue a cebola e o alho até ficarem macios. Junte o frango, o molho de tomate e os temperos e misture bem. Cozinhe por alguns minutos até o molho encorpar. Reserve.
  • Unte e enfarinhe uma forma de 30 x 20 cm ou 12 forminhas individuais. Despeje metade da massa e espalhe bem. Coloque o recheio por cima e cubra com o restante da massa. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 30 minutos ou até dourar. Espere amornar e desenforme. Sirva quente ou fria.

Escondidinho de carne seca

Escondidinho de carne seca
Escondidinho de carne seca

O escondidinho de carne seca é uma receita típica da culinária nordestina, que conquistou o paladar de todo o Brasil.

É uma das receitas fáceis de fazer, saborosa e reconfortante, que leva uma camada de purê de mandioca, uma camada de carne seca refogada e uma camada de queijo coalho gratinado.

Você pode servir o escondidinho como prato único ou acompanhado de uma salada verde. Veja o que você vai precisar:

Para o purê:

  • 1 kg de mandioca descascada e cortada em pedaços
  • 4 xícaras de água
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 xícara de leite
  • Sal e noz-moscada a gosto

Para o recheio:

  • 500 g de carne seca dessalgada, cozida e desfiada
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 tomates picados
  • 1/4 de xícara de cheiro-verde picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para a cobertura:

  • 200 g de queijo coalho ralado

Como fazer:

  • Para o purê, cozinhe a mandioca na água em uma panela de pressão por cerca de 20 minutos ou até ficar macia. Escorra e amasse com um garfo ou um espremedor. Em uma panela, leve ao fogo a manteiga, o leite, o sal e a noz-moscada e misture bem. Junte a mandioca amassada e mexa até ficar homogêneo e cremoso. Reserve.
  • Para o recheio, aqueça o óleo em uma panela e refogue a cebola e o alho até ficarem macios. Junte a carne seca, os tomates, o cheiro-verde e os temperos e misture bem. Cozinhe por alguns minutos até o molho encorpar. Reserve.
  • Para montar o escondidinho, unte uma forma refratária com um pouco de manteiga. Espalhe metade do purê no fundo e nas laterais da forma. Coloque o recheio de carne seca por cima e cubra com o restante do purê. Polvilhe o queijo coalho ralado por cima. Leve ao forno pré-aquecido a 200°C por cerca de 15 minutos ou até o queijo derreter e dourar. Retire do forno e sirva em seguida.

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate
Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

O bolo de cenoura com cobertura de chocolate é uma das receitas fáceis, clássica e irresistível, que agrada a todos os paladares.

É uma das receitas fáceis de fazer, que leva ingredientes simples e que fica pronta em menos de uma hora. Você pode servir o bolo quente ou frio, no café da manhã, no lanche da tarde ou na sobremesa.

Veja o que você vai precisar:

Para a massa:

  • 3 cenouras médias descascadas e picadas
  • 4 ovos
  • 1 xícara de óleo
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Para a cobertura:

  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 xícara de leite
  • 1/2 xícara de açúcar

Como fazer:

  • Para a massa, bata no liquidificador as cenouras, os ovos, o óleo e o açúcar até ficar homogêneo. Transfira para uma tigela e acrescente a farinha de trigo e o fermento em pó. Misture bem com uma colher ou um fouet. Despeje a massa em uma forma untada e enfarinhada. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 40 minutos ou até que, ao espetar um palito, ele saia limpo.
  • Para a cobertura, leve ao fogo baixo uma panela com o chocolate em pó, a manteiga, o leite e o açúcar. Mexa sem parar até ferver e engrossar. Desligue o fogo e espalhe a cobertura sobre o bolo ainda quente. Deixe esfriar e corte em pedaços.

Pudim de leite condensado

Pudim de leite condensado
Pudim de leite condensado

O pudim de leite condensado é uma das receitas fáceis e tradicional e deliciosa, que faz sucesso em qualquer ocasião.

É uma das receitas fáceis de fazer, que leva apenas três ingredientes e que fica com uma textura cremosa e um sabor irresistível.

Você pode servir o pudim gelado ou em temperatura ambiente, decorado com calda de caramelo ou frutas. Veja o que você vai precisar:

Para o pudim:

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de leite (use a mesma medida do leite condensado)
  • 3 ovos

Para a calda:

  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de água

Como fazer:

  • Para a calda, leve ao fogo médio uma panela com o açúcar e a água. Mexa até dissolver o açúcar e deixe cozinhar sem mexer até formar uma calda dourada. Cuidado para não queimar. Despeje a calda em uma forma de pudim e espalhe por toda a superfície. Reserve.
  • Para o pudim, bata no liquidificador o leite condensado, o leite e os ovos até ficar homogêneo. Despeje a mistura na forma caramelizada. Cubra a forma com papel-alumínio e leve ao forno em banho-maria por cerca de 50 minutos ou até que, ao espetar um palito, ele saia limpo. Deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 4 horas. Desenforme e sirva.

Conclusão

Neste artigo, eu te mostrei 5 receitas fáceis e deliciosas que vão fazer você se sentir um verdadeiro chef.

São pratos simples, rápidos e saborosos que qualquer um pode fazer, mesmo sem ter muita habilidade na cozinha.

Você aprendeu como fazer uma salada de macarrão com atum, uma torta de frango de liquidificador, um escondidinho de carne seca, um bolo de cenoura com cobertura de chocolate e um pudim de leite condensado.

Veja Também, 6 Receitas de Carne: Pratos Suculentos para Amantes de Carnes

Essas receitas fáceis vão impressionar os seus convidados e deixar o seu dia mais feliz.

Eu também te dei algumas dicas para se tornar um bom cozinheiro, como ter curiosidade, organização, criatividade, paciência e prazer.

Eu também te falei sobre as principais dificuldades dos iniciantes na culinária, como a falta de conhecimento, de habilidade, de confiança e de recursos. E eu te ensinei como superar essas dificuldades, com vontade e prática.

Eu espero que você tenha gostado deste artigo e que ele tenha te ajudado a se aventurar na cozinha.

Cozinhar é uma arte que pode trazer muitos benefícios para a sua saúde, para o seu bolso e para a sua alma. Cozinhar é uma forma de se expressar, de se cuidar e de cuidar dos outros. Cozinhar é uma forma de amor.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com os seus amigos e familiares. Se você tem alguma dúvida, sugestão ou crítica, deixe um comentário abaixo.

Eu vou adorar saber a sua opinião. E se você quiser mais conteúdo sobre culinária, assine o meu blog e me siga nas redes sociais. Até a próxima! 😊

Por Lazaro Silva

Por Lazaro Silva

Especialista em Marketing Ditigal e Analista de Sistemas

Compartilhe este post: