5 Dicas para Viajar Internacionalmente: O que Levar na Mala e no Documento

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
Reddit
Tumblr

Você sempre sonhou em viajar internacionalmente pelo mundo, conhecer novas culturas, paisagens e sabores, mas não sabe por onde começar?

Viajar internacionalmente pode ser uma experiência incrível, mas também requer alguns cuidados e preparativos.

Afinal, você não quer ter problemas com a alfândega, o visto, a bagagem ou a saúde, não é mesmo?

Para te ajudar a planejar a sua viagem dos sonhos, separamos 5 dicas essenciais sobre o que levar na mala e no documento.

Assim, você pode aproveitar ao máximo a sua aventura, sem estresse e sem imprevistos. Vamos lá?

Uma Breve História sobre Viajar Internacionalmente

Uma Breve História sobre Viajar Internacionalmente
Uma Breve História sobre Viajar Internacionalmente

Viajar internacionalmente é um desejo antigo da humanidade. Desde os tempos mais remotos, as pessoas se deslocavam por diferentes motivos, como comércio, guerra, religião, exploração ou curiosidade.

Os primeiros viajantes internacionais foram os navegadores, que cruzavam os oceanos em busca de novas terras e riquezas.

Depois, vieram os exploradores, que mapeavam o globo e descobriam novas civilizações. Mais tarde, surgiram os turistas, que viajavam por lazer, cultura ou educação.

Hoje, viajar internacionalmente é mais fácil e acessível do que nunca. Com o avanço da tecnologia, dos meios de transporte e da comunicação, é possível ir a qualquer lugar do mundo em questão de horas ou dias.

Além disso, há uma grande variedade de destinos, roteiros, pacotes e serviços para todos os gostos e bolsos. Você pode escolher entre praias, montanhas, cidades, campos, desertos, florestas, ilhas, continentes, países ou regiões.

Você pode viajar internacionalmente sozinho, acompanhado, em grupo, com agência ou por conta própria. Você pode viajar por diversão, trabalho, estudo, voluntariado ou intercâmbio.

Viajar internacionalmente é uma forma de ampliar os seus horizontes, aprender novas línguas, conhecer novas pessoas, experimentar novas comidas, admirar novas belezas, vivenciar novas culturas e enriquecer o seu repertório.

Viajar internacionalmente é uma forma de se conhecer melhor, de se desafiar, de se surpreender, de se divertir e de se transformar.

Dicas e Sugestões para Viajar Internacionalmente

Dicas e Sugestões para Viajar Internacionalmente
Dicas e Sugestões para Viajar Internacionalmente

Antes de embarcar na sua viagem internacional, é importante se planejar com antecedência e cuidar de alguns detalhes. Veja algumas dicas e sugestões que podem te ajudar:

1. Escolha o seu destino e o seu roteiro

Escolha o seu destino e o seu roteiro
Escolha o seu destino e o seu roteiro

O primeiro passo é escolher o seu destino e o seu roteiro. Você pode se basear em vários critérios, como o seu interesse, o seu orçamento, o seu tempo, o seu clima, a sua época, a sua segurança, a sua facilidade ou a sua disponibilidade.

Pesquise sobre o lugar que você quer visitar, as atrações que você quer conhecer, as atividades que você quer fazer, as distâncias que você quer percorrer, os custos que você quer ter, as moedas que você quer usar, os idiomas que você quer falar, as culturas que você quer respeitar, as leis que você quer seguir e os riscos que você quer evitar.

Faça um roteiro que seja compatível com o seu perfil, o seu objetivo e o seu gosto. Não se esqueça de deixar espaço para a flexibilidade, a improvisação e a surpresa.

2. Providencie o seu documento e o seu visto

Providencie o seu documento e o seu visto
Providencie o seu documento e o seu visto

O segundo passo é providenciar o seu documento e o seu visto. O documento mais importante para viajar internacionalmente é o passaporte, que é um documento de identidade válido em quase todos os países do mundo.

Para tirar o seu passaporte, você precisa fazer um agendamento no site da Polícia Federal, preencher um formulário, pagar uma taxa, levar os documentos necessários e comparecer ao posto de atendimento.

O prazo para a emissão do passaporte pode variar de acordo com a demanda, por isso, faça o seu pedido com antecedência.

O visto é uma autorização que alguns países exigem para permitir a entrada de estrangeiros em seu território.

O visto pode ser de diferentes tipos, como turismo, negócios, estudo, trabalho ou trânsito. O visto pode ser solicitado no consulado ou na embaixada do país de destino, ou em alguns casos, na chegada ao aeroporto.

O visto pode ter diferentes requisitos, como formulário, foto, taxa, comprovante de renda, reserva de hotel, passagem de ida e volta, seguro de viagem, vacinação ou carta-convite.

O prazo para a concessão do visto pode variar de acordo com o país, por isso, faça o seu pedido com antecedência.

3. Prepare a sua mala e a sua bagagem de mão

Prepare a sua mala e a sua bagagem de mão
Prepare a sua mala e a sua bagagem de mão

O terceiro passo é preparar a sua mala e a sua bagagem de mão. A mala é o conjunto de itens que você vai despachar no avião, e que vai ficar no porão da aeronave.

A bagagem de mão é o conjunto de itens que você vai levar consigo na cabine do avião, e que vai ficar no compartimento acima do seu assento ou embaixo da poltrona.

A mala e a bagagem de mão devem seguir algumas regras de peso, tamanho, quantidade e conteúdo, que podem variar de acordo com a companhia aérea, o destino e a classe. Por isso, consulte as normas antes de fazer as suas malas.

Para preparar a sua mala e a sua bagagem de mão, leve em conta o tempo de duração da sua viagem, o clima do seu destino, o tipo de hospedagem, o estilo de viagem, o tipo de transporte, o tipo de roupa, o tipo de calçado, o tipo de acessório, o tipo de higiene, o tipo de saúde, o tipo de entretenimento, o tipo de eletrônico, o tipo de documento e o tipo de lembrança.

Faça uma lista do que você precisa levar, e organize os seus itens em categorias, como roupas, sapatos, acessórios, cosméticos, medicamentos, livros, câmeras, carregadores, passaporte, dinheiro, cartões e souvenirs.

Use sacos plásticos, organizadores, enroladores ou dobradores para otimizar o espaço e evitar bagunça.

  • Coloque os itens mais pesados no fundo da mala, e os mais leves no topo.
  • Coloque os itens mais usados na bagagem de mão, e os mais dispensáveis na mala.
  • Coloque os itens mais valiosos na bagagem de mão, e os mais baratos na mala.
  • Coloque os itens mais líquidos na bagagem de mão, e os mais sólidos na mala.
  • Coloque os itens mais perigosos na mala, e os mais seguros na bagagem de mão.

Não se esqueça de identificar a sua mala e a sua bagagem de mão com etiquetas, fitas ou adesivos.

4. Contrate um seguro de viagem e um plano de telefonia

Contrate um seguro de viagem e um plano de telefonia
Contrate um seguro de viagem e um plano de telefonia

O quarto passo é contratar um seguro de viagem e um plano de telefonia.

O seguro de viagem é um serviço que oferece cobertura para eventuais problemas que possam ocorrer durante a sua viagem, como acidentes, doenças, cancelamentos, atrasos, extravios, roubos ou perdas.

O seguro de viagem pode ser obrigatório em alguns países, como os da União Europeia, ou opcional em outros, como os da América do Sul.

O seguro de viagem pode ser contratado em agências de viagem, operadoras de cartão de crédito, seguradoras ou sites especializados.

O seguro de viagem pode ter diferentes planos, preços, coberturas e franquias, que devem ser escolhidos de acordo com o seu perfil, o seu destino e o seu orçamento.

O seguro de viagem pode te salvar de muitos transtornos e prejuízos, por isso, não deixe de contratar um.

O plano de telefonia é um serviço que permite que você se comunique com o seu país de origem e com o seu país de destino, usando o seu celular, tablet ou computador.

O plano de telefonia pode ser de diferentes tipos, como roaming internacional, chip local, chip pré-pago, chip internacional ou aplicativo de internet.

O plano de telefonia pode ter diferentes tarifas, pacotes, validades e qualidades, que devem ser escolhidos de acordo com o seu perfil, o seu destino e o seu orçamento.

O plano de telefonia pode te ajudar a manter o contato com a sua família, os seus amigos, o seu trabalho ou o seu banco, por isso, não deixe de contratar um.

5. Verifique a sua saúde e a sua vacinação

Verifique a sua saúde e a sua vacinação
Verifique a sua saúde e a sua vacinação

O quinto e último passo é verificar a sua saúde e a sua vacinação. A saúde é um aspecto fundamental para viajar internacionalmente, pois você pode estar exposto a diferentes condições climáticas, alimentares, sanitárias e epidemiológicas.

A vacinação é uma forma de prevenir e proteger a sua saúde e a dos outros, pois você pode estar sujeito a diferentes doenças infecciosas e contagiosas.

A saúde e a vacinação devem ser verificadas com antecedência, pois podem exigir consultas médicas, exames, receitas, medicamentos, certificados ou comprovantes.

Para verificar a sua saúde e a sua vacinação, consulte o seu médico de confiança, informe o seu destino e o seu roteiro.

Faça um check-up geral, peça orientações sobre os cuidados que você deve ter, solicite receitas dos medicamentos que você usa ou que você pode precisar.

Compre uma farmácia básica com remédios para dor, febre, alergia, enjoo, diarreia, constipação, gripe, resfriado, infecção, inflamação, corte, queimadura, picada ou machucado.

Consulte também o site da Anvisa, verifique quais são as vacinas obrigatórias ou recomendadas para o seu destino, procure um posto de saúde ou uma clínica credenciada, tome as vacinas com a antecedência necessária, guarde o seu cartão de vacinação e o seu certificado internacional de vacinação.

Conclusão

Viajar internacionalmente é uma oportunidade única de conhecer o mundo, se divertir, aprender e se transformar.

Mas para que a sua viagem seja um sucesso, é preciso se planejar com antecedência e cuidar de alguns detalhes.

Veja Também, Destinos Insólitos: 6 Lugares Curiosos para Conhecer ao Redor do Mundo

Neste artigo, nós te demos 5 dicas essenciais sobre o que levar na mala e no documento. Esperamos que elas te ajudem a preparar a sua viagem dos sonhos com tranquilidade e segurança.

E você, tem alguma outra dica para viajar internacionalmente? Deixe a sua opinião sincera e as suas sugestões nos comentários.

Obrigado por ler e até a próxima!

Por Lazaro Silva

Por Lazaro Silva

Especialista em Marketing Ditigal e Analista de Sistemas

Compartilhe este post: